ÁREA DO ASSINANTE
Inscreva-se em nossa newsletter e fique bem informado!
Airport town

 

Categorias

 

Fretebras

 

BYD

 

e-Galpão

 




Tendências logísticas para 2019 que farão de seu negócio algo de outro mundo

Publicado em 07/01/2019

Era hora do rush quando passava pela avenida dos Bandeirantes em São Paulo. Pra situar você que não mora aqui: se essa avenida não for o inferno do trânsito Paulista, seguramente é uma via de acesso a casa do tinhoso.

Em meio a vendedores de pipoca doce daquelas que remete a infância, salgadinhos coloridos tipo isopor e água "mineral", ergo os olhos e vislumbro pendurada em um poste uma placa que dizia: Trago a pessoa amada em até três dias, pagamento após resultado. By Pai Joaquim de Angola.

Ual, aquilo me surpreendeu positivamente. Que serviço fantástico!

De cara fiquei inclinado a ligar pro Pai Joaquim, confesso que anotei o número. Não que eu tenha alguém pra trazer de volta e que necessite de ajuda do metafísico. Ainda bem :). O que me deixou curioso foi toda a logística por trás de tal façanha. Pense nos desafios.

Trazer uma pessoa em até três dias é algo que, do ponto de vista logístico é super factível, desde que essa esteja em terras tupiniquins e o modal escolhido seja o aéreo. Facilmente se surpreende o cliente entregando até na metade do prazo.

O verdadeiro diferencial não está ai, mas nas complexidades como: o produto a ser transportado é apontado na hora pelo cliente, ou seja, não tem em estoque. Trata-se de uma carga viva, que imagino eu; não queira vir naturalmente, visto que está sendo contratado um especialista não somente em logística, mas também em métodos de persuasão não muito comuns no mercado.

O verdadeiro diferencial competitivo do serviço oferecido por Pai Joaquim, está no: SÓ PAGUE DEPOIS DO RESULTADO...

...fiquei pensando na expertise dos caras: produto sem nota fiscal, sem documento de transporte, sem local geográfico pré-conhecido, em uma transação de fio de bigode onde o cliente é quem confirma o sucesso logístico e, se não for a contento ou fora do prazo, não paga. Isso é que é confiar no "próprio taco".

Deixemos de lado os pré-conceitos, pois fé é uma questão de foro íntimo. Nos concentremos nos quesitos técnicos do case apresentado. Quero chamar sua atenção para o que podemos aprender com o negócio genial de Pai Joaquim de Angola e que seja possível aplicar em seu negócio para ter sucesso em 2019.

Leia até o fim e se surpreenda com tamanha inovação que nada tem a ver com o metafisico!

1 - CUSTOMER SERVICE

O serviço ao consumidor recebe cada vez mais foco, afinal, são eles, os clientes, que garantem que os cofres continuem cheios. E a logística assume papel fundamental nessa conquista (reputação) e manutenção dos melhores clientes no que chamamos de ciclo do pedido.

Que acontece desde o momento que o pedido é captado até sua entrega final: entrada do pedido - Liberação - Verificação de disponibilidade do produto - Programação de transportes - Expedição - Controle de entregas - Entrega final.

Assim, o serviço logístico é prestado antes, durante e após qualquer venda, garantindo a reputação do seu negócio com monitoramento de cada fase e comunicação com o cliente.

Nunca fez tanto sentido o departamento de Customer trabalhando muito próximo, ou mesmo como um braço da logística. Se seu cliente confia em você ele voltará a comprar, além de se tornar um evangelizador.

Oferecer ao cliente: pague só depois de sua satisfação mostra um Know-how que seus concorrentes provavelmente não tem. O cliente sente a confiança de estar tratando com profissionais de alto nível.

Confesso que só vi isso em entregas Fast-food. Você já viu alguma empresa com esse diferencial?

2 - TECNOLOGIA APLICADA

Talvez você questione os métodos "tecnológicos" utilizados no referido case de negócio, contudo, não se pode negar sua efetividade. Como tenho dificuldade de acreditar no sobrenatural, fiquei pensando que talvez a equipe em questão tenha um trabalho de convencimento poderoso, podendo estar atrelado inclusive em divisão dos lucros. Vai saber.

No seu e no meu caso, não precisamos recorrer ao divino. Ele já concedeu bastante sapiência aos humanos que descobriram muita tecnologia disruptiva e métodos processuais de marketing, vendas e logística que pode ser usada para maximizar eficiência, melhorar qualidade, reduzir custos e encantar o cliente, gerando repetição da venda.

Para isso, em 2019 fique de olho em Big data, internet das coisas, transporte autônomo, aplicativos de planejamento de entregas, drones, entrega antecipada, impressão 3D, Integração homem-máquina, inovações nos armazéns logísticos, transporte compartilhado, sustentabilidade e profissionais capacitados.

3 - ENTREGA PERSONALIZADA

?Como falamos, o cliente é a razão de seu negócio existir e, em dias de tanta tecnologia à disposição, ele, o cliente, está cada vez mais impaciente e exigente. Quando clica pra comprar fica ansioso pra receber o mais rápido possível.

Quem entrega mais rápido, sem avarias e na qualidade e quantidade esperada ganha o coração (e a grana) do cliente.

Inove no jeito de operacionalizar as entregas. Adote variadas formas de envio: outros produtos com malha de distribuição similar a sua e que possa ser usada. Veja correntes com sinergia nas entregas. Considere: bicicleta, motoboy, drone, entregas a pé; compartilhada, transportadores fracionadas e etc.

E lembre-se, aprendendo coo nosso case: se o seu produto ou serviço for algo que resolve uma dor de seu cliente, ele nunca questionará os custos de uma entrega personalizada.

4 -CONSTRUÇÃO DE DIFERENCIAL COMPETITIVO

Muita gente fala que sua logística tem diferencial competitivo, mas, se o que você faz todos também fazem, isso não é diferencial.

Fazer o que toda empresa de logística faz não é ter diferencial competitivo, é estar na média. E empresas medíocres perdem espaço, reputação e clientes o tempo todo.
No nosso case o provedor de serviços oferece algo que só ele ou seletos concorrentes conseguem fazer, assim ele pode utilizar o gatilho mental: só pague depois de satisfeito.

Você está disputando com: drones entregando 30 minutos após a compra, caminhões autônomos revolucionando o mercado logístico, realidade aumentada como recurso para leitura de códigos de barras no estoque, robôs separando produtos em armazéns, softwares inteligentes integrando dados em nuvem, compra inteligente, rápida, sem filas, com leitura em RFID e pagamento automático debitado no cartão, localização geográfica em tempo real, infos do pedido e histórico de consumo via aplicativo.

E você ainda acha que só porque faz entregas no custo e no prazo tem diferencial competitivo em sua logística?

Você não precisa de ajuda do metafísico pra ter uma logística que conquiste novos e mantenha fidelizado os clientes antigos.

Mas olhar pro mercado verificando as boa práticas e atentando-se para: foco no cliente, tecnologia à disposição, entregas em alto nível e tudo isso criando diferenciais competitivos, fará de seu negócio algo de outro mundo.

Até a próxima!

Achiles Rodrigues

Achiles Rodrigues

Por Achiles Rodrigues

Possui mais de 16 anos de atuação em logística, transportes, processos e pessoas. É professor de liderança e criatividade e um entusiasta do mundo digital. É graduado em administração de empresas, Teologia e pós-graduado em MBA Logística e Supply Chain.

Quer se manter atualizado e preparado para o mercado de trabalho?
Clique aqui e descubra como a MundoLogística vai te ajudar!

 

Veja também: