Informe os dados de acesso para entrar na área do assinante.

Burger King aposta em Hub Logístico para entregar via delivery próprio

 

Publicado em 17/01/2022

Plano de expansão contempla cobertura de 70% dos restaurantes ainda no primeiro trimestre de 2022


Foto: Divulgação

Desde o ano passado, o Burger King tem focado em solidificar a conexão com os consumidores e uma das ações mais importantes foi o lançamento oficial da plataforma própria de delivery. A ação faz parte do plano de expansão com as projeções da companhia, que registrou novo recorde de vendas digitais no terceiro trimestre de 2021, totalizando R$ 231,4 milhões. Os principais diferenciais dessa nova ferramenta é que, além da experiência de ponta no atendimento, os consumidores ainda possuem ofertas e cupons exclusivos.

Para a gestão das entregas via delivery próprio, o BK possui um Hub Logístico, que segue ampliando o atendimento, atuando em cerca de 45% dos restaurantes da rede em 100 cidades do Brasil. Portanto, os clientes dessas regiões já podem conferir a disponibilidade do serviço para usufruir da nova funcionalidade. A expectativa é que até o final do primeiro trimestre de 2022, o delivery próprio do Burger King cresça 40% em termos de território, com presença em 140 cidades.

Em pleno processo de aceleração tecnológica, o Burger King tem anunciado novos formatos de atendimento para garantir experiências de excelência em todas as modalidades de atendimento, do balcão até as frentes digitais, como os totens de autoatendimento, aplicativo e pagamentos contactless.

A rede tem, cada vez mais, ampliado a atuação nas plataformas digitais, totalmente em linha com as transformações do mercado. Exemplo disso é o lançamento do Clube BK, o primeiro clube de fidelidade da marca no mundo, que já soma mais de 3.8 milhões de usuários cadastrados.

“Estamos capitaneando a revolução para foodtech no país. O início da nossa atuação com delivery próprio vai muito além de apresentar uma nova opção de compra para os nossos consumidores. Nós queremos oferecer preços ainda mais competitivos e as melhores experiências, desde o atendimento até a qualidade dos produtos, para que o BK siga como uma referência de atuação digital no setor de fast-food do Brasil.” – Alexandre Cezilla, diretor de Vendas do Burger King do Brasil.

 

Artigo(s) publicado(s) na revista e relacionado(s)


 

Coluna MIT GCLOG
Benefícios da implantação de estratégias de distribuição de dois níveis para atender mercados urbanos de alta densidade

 

 

Veja também: