ÁREA DO ASSINANTE
Inscreva-se em nossa newsletter e fique bem informado!
Airport town

 

Categorias

 

Fretebras

 

Evento Transformação SC

 

BYD

 

e-Galpão

 



Como a tecnologia se relaciona com logística urbana?

Publicado em 24/07/2019

 

Big data, visual analytics, machine learning, inteligência artificial, internet das coisas... A tecnologia está “invadindo” os processos de tomada de decisão de gestores de operações logísticas. Numa combinação de redução de custos de captura e armazenamento de dados com aumento da capacidade de processamento, fica cada vez mais claro que o céu é o limite... ou será que, com a nuvem (cloud computing), até este limite está sendo ultrapassado?

Percebe-se hoje que a dificuldade não é ter acesso à tecnologia, mas sim como usá-la a favor de negócios mais eficientes e eficazes perante o mercado e aos clientes. As opções são diversas, a qualidade das ofertas é variável e o conhecimento nesta área ainda é novo, trazendo mais um desafio ao gestor: como efetivamente fazer uso desta nova revolução no meu dia-a-dia?

Em um passado recente, a tecnologia foi aplicada para otimizar operações logísticas internas com WMS, sistemas automatizados de sorteamento e armazenagem, robotização, plataformas para carregamento de carretas etc. Grande também foi a evolução nas rotas de média e longa distância, não apenas com rastreadores mais eficazes, mas também com uso de sensores (telemetria), comunicação direta e dinâmica com motoristas, compartilhamento de posição da carga com clientes e recebedores. O desafio presente é a aplicação de tecnologia para otimização da logística urbana – aqui, é maior o número de variáveis a analisar (restrições, prazo, custo, emissões...) e também é maior a quantidade de opções de estrutura (localização e tamanho de hubs de abastecimento, sinergia entre logística de entrega e reversa, colaboração com empresas atuando em regiões e até clientes iguais).

Usar dados de forma dinâmica (online) pode trazer ganhos para operação desde que esteja claro o que se espera otimizar. Estruturar uma logística mais preditiva do que preventiva ou corretiva faz sentido desde que a empresa tenha agilidade para ajustar processos e modelos. Implementar processos robustos de data analytics é prioritário se a empresa e (principalmente) seus colaboradores já estiverem atuando com o mindset digital.

"Inteligência artificial, internet das coisas, entre tantas outras tecnologias de ponta, proporcionarão uma estrutura logística preditiva por meio de uma distribuição de estoque mais assertiva, mais rápida e mais eficaz. Hoje, a reposição dos estoques de uma loja, por exemplo, não pode considerar apenas, a venda efetuada pela própria loja; deve prever as vendas de um raio de CEPs ao redor desta loja para que ela seja um hub logístico. A velha máxima logística do produto certo, no local certo, na hora continua valendo. Porém, a hora certa são 24hs por dia, sete dias por semana e o local certo deve estar mais bem preparado para atender diferentes e integrados canais de vendas.", afirma Edgard Liberalli, diretor operações Via Varejo e painelista do evento “(Des)Construindo a Logística Urbana.

 

O evento “(Des)Construindo a Logística Urbana”, organizado pelo Centro de Excelência em Logística e Supply Chain (FGVcelog), da Fundação Getulio Vargas (FGV-EAESP), irá trazer para discussão este tema de tecnologia efetivamente aplicada à gestão logística. Com toda a agenda já confirmada, o objetivo é fomentar a discussão entre os diferentes atores da logística urbana: embarcadores, universidades, especialistas, consultorias, órgãos públicos, prestadores de serviços logísticos etc. Serão 2 palestras para discutir logística (abertura) e inovação tecnológica (fechamento), com 3 painéis de debate para ampliarmos a visão sobre temas sensíveis à logística urbana: infra-estrutura, transformação digital e colaboração.

 

Evento: (Des)Construindo a Logística Urbana

Data: Quinta-feira, 22/ago/2019, de 8h30 às 17h

Local: Auditório FGV EAESP (Av. 9 de Julho, 2.029 – São Paulo)

Valores: Público – R$ 350,00; Assinantes Revista Mundo Logística – R$ 300,00; Parceiros e Alunos FGV – R$ 264,00.

Mais informações: https://fgvcelog.fgv.br/eventos/des-construindo-logistica-urbana-transformando-logistica-vida-cidades

 

Apoiadores deste evento:

Quer se manter atualizado e preparado para o mercado de trabalho?
Clique aqui e descubra como a MundoLogística vai te ajudar!

 

Veja também: