Informe os dados de acesso para entrar na área do assinante.

Como o conceito 4PL tem sido aplicado na logística brasileira?

 

Publicado em 25/03/2021

ILC, pioneira na aplicação do conceito 4PL, desenvolve tecnologia para melhorar processos e integrar informações do supply chain


O conceito 4PL (Fourth-Party Logistic), ou quarteirização logística, é tendência nos EUA e Europa, e tem como principal papel ser um integrador e agente colaborativo na cadeia de abastecimento.
Algumas empresas no Brasil atualmente seguem este conceito. No entanto, a empresa pioneira na implantação das soluções foi a ILC (Integrator Logistics Company), criada em 2016 para atender a demanda de um importante cliente do Grupo Mirassol, especialista em gestão logística integrada.

Já naquela época, quando o conceito ainda não estava na mira das empresas, a ILC já oferecia o serviço inovador de tecnologia para a gestão da cadeia de suplementos, cuja responsabilidade é gerenciar o fornecimento ao cliente dos seus fornecedores, sempre considerando a integração entre os diversos recursos das demais organizações.

 


Entendendo o conceito 4PL

Tradicionalmente, no processo logístico existem três participantes:

  • o fornecedor;
  • o destinatário e;
  • as transportadoras.

Dentro do 4PL implementa-se a quarta entidade deste processo, que faz uso das novas tecnologias em sistemas desenvolvendo atividades integradas, trazendo novas soluções para resolver os processos desgastantes e que demandam tempo e dedicação da equipe da empresa, garantindo que tudo aconteça sem atrito, diminuindo custos.

 


O 4PL na ILC

Na ILC tudo gira em torno do Portal Integrator, sistema web próprio, desenvolvido internamente na empresa e personalizado para processos de gestão logística, inbound e outbound.
Pelo portal, o fornecedor recebe por meio de integrações sistêmicas especificações do que precisa ser carregado e em que dia e horário a encomenda deve chegar à fábrica. Todo o restante do processo é com a equipe da ILC.
Os analistas logísticos, com forte apoio sistêmico, certificam-se que o fornecedor fará a entrega dentro do prazo, convocam a transportadora e organizam todo o processo, definindo o perfil do transporte para o tipo do veículo (carreta ou caminhões menores), horário de janelas de coletas, se será um milk run (em que o caminhão carrega e descarrega em vários pontos) ou um full truckload (caminhão cheio entregando em apenas um destino), etc.


“No momento, fazemos toda a gestão e mais de 300 viagens diárias pelo nosso sistema do Portal Integrator. Os dados gerados valem ouro para nosso cliente, que pode visualizar tudo, até um part number, em tempo real, e fazer uma excelente tomada de decisão com o uso de dashboards através de uma ampla ferramenta de BI desenvolvida pela ILC. Todo problema ou dificuldade com o fornecedor ou com a transportadora é de responsabilidade nossa. Nosso papel é solucionar problemas que o cliente não tem tempo ou equipe para fazer, além de uma significativa redução dos custos.” - Marco Machado, gerente corporativo na ILC.


O Portal Integrator é o centro deste ecossistema, com aplicativos satélites como roteirizador, rastreamento (tracking), planejamento e otimização de cargas, etc., onde todos se conversam de forma on-line. Assim, a ILC consegue alavancar uma gama de serviços e integração para o cliente. E, conforme a necessidade, algumas ferramentas vão sendo desenvolvidas.

 

“A ideia de ter empresas menores e iniciantes em parceria para estes desenvolvimentos, é justamente para ajudar a impulsionar este mercado como um todo. Elas desenvolvem as soluções personalizadas, realizando um trabalho integrado com a ILC e esta, por sua vez, alavanca as startups a crescer no mercado.”

 

Aliás, a ILC tem a filosofia de uma startup. Ela não possui caminhões nem centros de distribuição, não realiza o carregamento de cargas, mas faz a logística completa de informação.

 

 

Artigo(s) publicado(s) na revista e relacionado(s)


 

Primarizar, terceirizar ou quarteirizar a logística?
Explora e analisa as razões que os gestores têm ao migrarem de modelo

 

 

Veja também: