Informe os dados de acesso para entrar na área do assinante.

Coopercarga completa 30 anos e hoje atua em 7 países do Mercosul

 

Publicado em 10/02/2020

Cooperativa catarinense emprega cerca de mil colaboradores, reune 1,2 mil associados e frota de dois mil veículos


A Coopercaga completou seu 30º aniversario ontem, dia 09. A cooperativa, criada em Concórdia (SC), por 143 pequenos transportadores hoje soma mais de 60 filiais. Além do Brasil, está presente em mais seis países do Mercosul. A companhia gera empresa e renda para, aproximadament, 1.000 colaboradores. Juntos, os mais de 1,2 mil associados dispõem de uma frota de pouco mais de dois mil veículos.

 

“A história da Coopercarga iniciou pequena, mas com uma enorme vontade de fazer a diferença no setor, proposição alcançada com êxito. Nesses 30 anos muitas mudanças ocorreram, muitas estratégias foram traçadas e o esforço de todos os envolvidos colocou a cooperativa na vitrine do setor de transporte.” - Osni Roman, presidente da Coopercarga.


Segundo seu presidente, ao completar 30 anos a Coopercarga busca novos desafios  e metas.

 

“A Coopercarga é um operador logístico de atuação global, visionário e inovador, que busca ser uma das melhores empresas do Brasil para trabalhar. Para isso, oferece muitos diferenciais e incentivos aos colaboradores, sempre focada no senso humanizado.”


Aniversário inspira reforço sustentável

Além de prezar pela relação com seus cooperados, clientes e colaboradores, a cooperativa também volta seus olhares para o meio ambiente e planeja reforcar as ações e investimentos em sustentabilidade, de acordo com Romam.


“Já existem vários projetos em operação como uma usina fotovoltaica, compensação de carbono e outras grandes ações que destacam a Coopercarga como um operador logístico sustentável e focado com o meio ambiente.”

 

Nova visão comercial

A Coopercarga avança cada vez mais no cenário logístico global, desenhando e desenvolvendo novas estratégias. O setor comercial, por exemplo, recebeu reforços profissionais para os novos desafios e posicionamentos que a organização almeja em 2020 e nos anos subsequentes. A novidade deste ano é a gerência comercial ocupada  por Leandro Rocha.

 

“A proposta é avançar  em negócios globais novos e outros já existentes e consolidar a Coopercarga como operador logístico. O Know-how , aliado a referência e  credibilidade da Coopercarga no mercado, são fatores relevante no mundo dos negócios.”

 

O vice-presidente e diretor comercial, Paulo Simioni, acrescenta que Coopercarga possui um time comercial de alta performance, expertise e preparado para desenvolver grandes negócios no universo logísticos.

 

“As estratégias comerciais da Coopercarga são pensadas, debatidas e estudadas antes de serem desenvolvidas, pois o maior  objetivo da cooperativa é entregar sucesso em todas as operações. A imponência e a representatividade da Coopercarga no cenário mundial  logístico não ocorreu por acaso, mas, sim, por traçar com sabedoria e inteligência cada novo passo. Isso resulta em credibilidade perante os stakeholder envolvidos.”

 

Inovação a passos largos


Para acompanhar as tendências de inovação no setor logístico e da Logística 4.0, a Coopercarga criou o “Innovation Center”, um setor responsável pelos processos inovadores.

 

“Por meio do setor a cooperativa possui grandes projetos pautados na inovação interna e externa. O intuito é tornar a Coopercarga referência em soluções logísticas digitais dentro do mercado mundial, trabalhando a multimodalidade.” -  Alessandra Cassol, Head of Innovation da Coopercarga.


Reconhecimento

A Coopercarga é sinônimo de logística no Brasil.
Entre os reconhecimentos obtidos em 2019 pela cooperatica, está o destaque na publicação Época Negócios 360º, categoria Transportes. A Coopercaga ficou em 1º lugar em inovação; 1º na colocação em pessoas e entre as cinco melhores na classificação geral do setor de transportes.
Também em 2019, ficou entre as 10 maiores e melhores do Brasil no transporte e logística pela Editora OTM. Entre os três Melhores Operadores Logísticos da Associação Brasileira de Operadores Logísticos (ABOL) e OTM Editora. Ainda ficou em 1º lugar no Troféu Migrante na categoria Transportes de Cargas, na sua cidade de origem.

 

Veja também: