Informe os dados de acesso para entrar na área do assinante.

Definidos desafios logísticos para novo ciclo de aceleração da tegUP

 

Publicado em 16/03/2021

Startups da área de logística devem criar soluções para os desafios logísticos apresentados. Inscrições vão até 9 de abril  

 

O quinto ciclo de aceleração do programa da tegUP, aceleradora de startups da Tegma Gestão Logística, vai até o dia 9 de abril.

Os quatro desafios desta edição, que servirão de base para as soluções que as empresas participantes, já foram definidos. Esses desafios foram traçados por profissionais da própria Tegma e representantes de clientes com base em necessidades reais enfrentadas em operações logísticas. São eles:

 

  • Gestão de recarga de bateria de veículos – acompanhamento e gestão do fluxo do processo de recarga de baterias dos veículos;
  • Ferramenta para fazer medição de CO2 em todo o fluxo logístico - tracking e oportunidade de melhoria da emissão de CO2 em toda cadeia logística;
  • Gestão de reclamação de sinistro - captação e gerenciamento da documentação de sinistro e interface com todos envolvidos nesse processo;
  • Rastreamento e gestão de veículos em toda a cadeia logística.

 

Etapas do ciclo

As inscrições para o novo ciclo vão até o dia 9 de abril, às 23:59 (horário de Brasília), e devem ser feitas por meio do preenchimento de um formulário on-line pelo site: https://acelera.tegup.com/


Após o envio do formulário, os interessados receberão o regulamento do programa. Além da inscrição, é preciso enviar para o e-mail faleconosco@tegup.com.br informações complementares, quando solicitado, como por exemplo, a demonstração de resultados (DRE); plano de negócios; contrato social e apresentação com proposição de pitch. Não é cobrada taxa de inscrição.

O Comitê de Seleção irá classificar as startups inscritas de acordo com critérios estabelecidos, incluindo qualificação da equipe; potencial de geração de valor das soluções; potencial de inovação ou transformação; capacidade de entrega/escala e mensuração de risco.

Na etapa seguinte, as empresas selecionadas deverão realizar apresentações (pitch) individuais – presenciais ou remotas – para o Comitê de Avaliação, que analisará detalhadamente o material recebido e poderá solicitar esclarecimentos sobre pontos específicos. Caberá a esse Comitê indicar as startups que avançarão no programa.

A terceira etapa será dedicada à conexão e escolha dos finalistas, quando serão organizadas atividades de integração, workshops e mentorias para aprimoramento das soluções, definição e validação do plano de negócio e análise da sinergia com a Tegma. As selecionadas terão acesso ao sponsor do desafio, para construção da proposta de resolução, com detalhamento do custo para a realização do piloto. Nessa etapa também será feita a prova de conceito.

Ao final dessa fase as startups participarão de um pitch de apresentação do resultado do, no qual exporão suas soluções para o sponsor do desafio, executivos da Tegma, e também para parceiros, potenciais clientes, investidores e outros convidados.

Ao final dessa fase as startups participarão de um piloto, no qual apresentarão suas soluções para o sponsor do desafio, executivos da Tegma, e também para parceiros, potenciais clientes, investidores e outros convidados.


“A critério da Tegma, a empresa também poderá realizar investimentos diretos em startups que tenham grande alinhamento com as suas operações.” - José Carlos de Souza Filho, coordenador de Inovação da tegUp.


Diversas startups participantes desenvolveram soluções que estão sendo utilizadas em operações da Tegma e, também, de clientes. Além disso, a empresa passou a ter participação nas startups Frete Rápido e Rabbot.

 

 

Artigo(s) publicado(s) na revista e relacionado(s)


 

Startups em logística: oportunidade e ameaça
O papel das novas empresas de tecnologia

 

 

Veja também: