ÁREA DO ASSINANTE
Inscreva-se em nossa newsletter e fique bem informado!
Airport town

Intelbras
 

 

Categorias

 

MLOG - Manter atualizado

 

Logist

 



Elog apresenta novidade no atendimento do Porto Seco Uruguaiana

Publicado em 17/12/2014

Mudança auxilia na localização de veículos na unidade de fronteira da Elog

A nova dinâmica de trabalho reduziu o tempo de espera dos clientes que utilizam o Porto Seco Uruguaiana, administrado pela Elog. A mudança teve início depois de um mapeamento detalhado do processo de entrada na unidade de Uruguaiana, onde foi analisado o motivo pelo qual o motorista não ocupava o lugar indicado para estacionar, quando entrava na unidade.

As melhorias no Porto Seco de Uruguaiana surgiram de um reconhecimento interno. Uma equipe de nove funcionários apresentou essa sugestão no Programa de Melhoria Contínua, implantado pela Elog, em 2013. O novo procedimento conquistou, em função dos resultados obtidos, o primeiro lugar no 1º Prêmio de Melhoria Contínua, promovido este ano pela diretoria da Elog. As sugestões puderam ser dadas por qualquer colaborador da Elog, visando trazer soluções de problemas e melhoria de processos, focando no combate a desperdícios e aumento da produtividade.  

Entre as principais razões de estacionar fora do local indicado estavam a preferência dos motoristas por pararem em determinados locais (sombras, próximo a banheiros, próximo aos colegas etc) e a reação em cadeia que o descumprimento do box indicado deixava, pois, quando o motorista seguia até o ponto recomendado e outro veículo já estava lá, ele ocupava um novo lugar, que acabava por ser indicado para outro transportador e assim por diante. 

A solução proposta foi a de fazer uma inversão no processo. Em vez da Elog sugerir o box para o estacionamento, o motorista ficou livre para parar no ponto de sua preferência, desde que comunicasse à administração a sua localização, para que a informação fosse registrada em sistema.  

Com o apoio da Receita Federal, da Associação Brasileira de Transportadores Internacionais (ABTI), do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Carga de Linhas Internacionais do Rio Grande do Sul (Sindimercosul) e dos motoristas, o novo procedimento foi adotado e, desde então, os resultados obtidos com o projeto foram positivos.

Notou-se um aumento significativo do indicador de acuracidade de pátio, ou seja, o sistema passou a registrar a informação precisa. As fiscalizações de veículos realizadas no pátio se tornaram mais ágeis, bem como a entrada dos caminhões, uma vez que não há mais fila para cadastro na entrada, o que tornou o processo mais rápido e, consequentemente, reduziu as  filas. “Somente em outubro, o indicador de acuracidade ficou em 99%, a redução do tempo de inventário caiu em 60% e o atendimento na entrada foi reduzido em 20 segundos por veículo”, afirma Flávio Evaristo, gerente do Porto Seco Uruguaiana.

Faça como milhares de profissionais! Acesse a plataforma para
profissionais de logística e supply chain. Clique aqui e saiba mais!

 

Veja também: