Informe os dados de acesso para entrar na área do assinante.

GEFCO agiliza em 70% o rastreamento de cargas com integração de sistemas

 

Publicado em 13/09/2011

Integração do TMS ao sistema de localização geográfica já traz excelentes resultados para a operação rodoviária

A GEFCO Logística, subsidiária do grupo PSA Peugeot Citroën, implantou no primeiro semestre de 2011 a integração de seu sistema de gerenciamento de transporte (TMS) ao sistema de localização geográfica instalado nos caminhões, possibilitando a visualização das cargas em tempo real, por meio de serviço de mapas online e já colhe resultados com o ganho de 70% na agilidade do rastreamento, de 10% no tempo de carga/descarga, além da economia de recursos internos para encontrar as informações sobre localização geográfica das cargas.

As operações no modal rodoviário da GEFCO geraram, em 2010, 37 mil viagens nacionais e quatro mil viagens internacionais que transportaram 200 mil toneladas de carga. Neste cenário, a GEFCO utilizava o sistema próprio de emissão de dados (TMS ADT, que fornece número de nota fiscal e placa de veículo) e contatava o motorista do caminhão que, por sua vez, informava sua posição. Tanto o cliente quanto a GEFCO dependia do motorista do caminhão para obter uma descrição fiel de localizações geográficas e tempos. “Hoje o tempo de resposta é melhor, bem como a qualidade das informações sobre o deslocamento das cargas transportadas”, diz Luiz Alcantara, diretor de operações rodoviárias e logística da GEFCO.

A solução escolhida foi integrar o TMS, desenvolvido internamente pela GEFCO, a dois sistemas: de rastreamento via satélite – presente em todos os 460 caminhões da frota brasileira da empresa, que já tinham GPS dedicado – e de visualização de mapas online. Dois aspectos foram levados em consideração: as operações simples e o alto número de operações complexas (Milk Run). “No caso das operações simples, a integração de sistemas gera um painel de controle, acessado pela GEFCO, que informa números de documentos, localização de veículos e cargas e visualização do trajeto a ser cumprido. Nas movimentações milk run, a solução escolhida foi integrar informações de diferentes fontes e disponibilizá-las em um painel online, que pode ser acessado também pelo cliente a partir de qualquer dispositivo web, como tablets, smartphones e PCs”, explica Alexandro Strack, diretor de TI da GEFCO.

Atualmente, a GEFCO tem informações de localização das cargas em tempo real, acessadas a qualquer momento, pois os dados ficam armazenados em um banco de dados, o que amplia a interface com os clientes. Com a integração de sistemas e a maior agilidade do rastreamento de cargas, além dos ganhos mencionados acima, é possível prever imprevistos, adaptar rotas e fluxos para aumentar a produtividade, agilizar as tomadas de decisão por parte dos clientes e diminuir os riscos de paradas nas linhas de produção, devido à completa visibilidade do sistema.

 

Veja também: