Informe os dados de acesso para entrar na área do assinante.

JSL cresce 28,7% no primeiro trimestre de 2011 e fatura R$ 554,4 milhões

 

Publicado em 02/05/2011

No primeiro trimestre do ano, a JSL registrou receita bruta total de R$ 554,4 milhões. Este significativo crescimento de 28,7%, em relação ao primeiro trimestre do ano passado, está em linha com a expectativa da companhia de expandir sua receita em aproximadamente 25% em 2011. 

Contribuiu para o aumento da receita bruta total da companhia o crescimento de 21,5% na receita bruta de Serviços, que passou de R$ 406,6 milhões no primeiro trimestre de 2010, para R$ 494,1 milhões no primeiro trimestre de 2011, assim como o crescimento da receita bruta da venda de ativos, que passou de R$ 24,3 milhões no primeiro trimestre de 2010 para R$ 60,3 milhões no primeiro trimestre de 2011, aumento de 148,2% na comparação anual. Já na comparação com o quatro trimestre de 2010, a redução de 42,6% deve-se basicamente ao fato de que, naquele período, foi registrada receita de R$ 51,2 milhões em venda de ativos com gestão, que, se expurgada, resultaria em um crescimento de 11,9% da receita de venda de ativos entre os respectivos períodos, dado que nos primeiros meses deste ano só ocorreram as usuais revendas de ativos. 

Já os novos contratos negociados durante 2010, que totalizaram um valor global de R$ 2,5 bilhões a ser capturado ao longo de 10 anos, contribuíram com R$ 69,0 milhões, com destaque para os setores de mineração, elétrico, siderurgia e sucroalcooleiro. 

A JSL reafirma a sua confiança em relação à sua expectativa de crescimento de 25% para a receita de 2011, sendo o começo de 2011 um importante sinalizador da tendência anual. Adicionalmente, a companhia espera entregar um EBITDA tradicional mínimo de aproximadamente R$ 410 milhões em 2011. A JSL acredita que o ano de 2011 será bastante positivo, seja pelo forte desempenho dos contratos já existentes como pela geração de receitas dos novos contratos fechados em 2010 e dos negócios potenciais a serem realizados em 2011. 


Obs.: esses dados são preliminares e não são auditados de sua receita bruta. As comparações, exceto quando indicado, referem-se aos dados do 1T10. A companhia antecipa a divulgação de sua receita bruta para atender às requisições do mercado e esclarece que os dados poderão sofrer alterações.

 

Veja também: