ÁREA DO ASSINANTE
Inscreva-se em nossa newsletter e fique bem informado!
Airport town

 

Categorias

 

Fretebras

 

BYD

 

e-Galpão

 



JSL registra receita bruta recorde de R$ 2,3 bilhões, crescimento superior a 36%

Publicado em 28/03/2011

A JSL registrou receita bruta recorde no ano de 2010 

A JSL fechou o ano de 2010 com recorde na receita bruta total (formada pela receita bruta de Serviços e receita bruta da Venda de Ativos), que atingiu R$ 2,3 bilhões, avanço de 36,9% na comparação com o exercício anterior, crescimento cinco vezes maior do que o PIB brasileiro no período. 

A receita bruta de Serviços somou R$ 1,9 bilhão, 25% maior que 2009, em razão do aumento de 16,5% na receita de contratos preexistentes e da adição de R$ 169,3 milhões provenientes de novos contratos firmados no período. O resultado foi alavancado, principalmente, pelo desempenho das linhas de negócios de Serviços Dedicados e de Gestão e Terceirização de Frotas. A receita bruta da Venda de Ativos também teve desempenho positivo e totalizou R$ 381,8 milhões, 156,4% maior na comparação com o ano anterior, em decorrência da contabilização de R$ 141,8 milhões em contratos de aluguel de máquinas e equipamentos como venda a prazo, da venda de ativos com gestão no montante de R$ 80,7 milhões e do aumento de 13,8% na venda de veículos seminovos. 

O desempenho operacional da companhia, refletido pelo EBITDA-A¹, foi de R$ 553 milhões, atingindo crescimento de 50,4% e margem EBITDA-A de 27,3%, 2,4 p.p. maior na comparação com 2009. Já o EBITDA tradicional registrou elevação de 41,4%, tendo totalizado R$ 330,1 milhões, correspondendo a uma margem EBITDA de 16,3%, aumento de 0,5 p.p, mesmo com o impacto da implantação de novos contratos no período, quando estes ainda não captam receitas e geram redução temporária de rentabilidade. 

Em 2010, o lucro líquido foi 52% maior que o exercício anterior e totalizou R$ 93 milhões, com margem líquida de 4,6%, crescimento de 0,4 p.p. na mesma comparação. Os investimentos realizados pela companhia no período somam R$ 799,8 milhões, aumento de 212,9% em relação a 2009. A previsão atualizada de investimentos para 2011 é de R$ 710 milhões, sendo 65% destinado para expansão e 35% para renovação de ativos das operações. 

No ano passado, a JSL fechou R$ 2,5 bilhões de novos contratos, com receitas a serem capturadas ao longo de 10 anos, sendo 65% negociados com clientes que já fazem parte da carteira e 35% com novos clientes. Pesquisas mostram que apenas 6% do PIB proveniente de serviços logísticos no Brasil é terceirizado, o que aponta campo vasto para exploração de novas possibilidades no setor. 

Ao final do exercício, a companhia selou uma nova fase, marcada pela posição diferenciada de governança corporativa em seu mercado de atuação, com a unificação de todas as suas operações sob a marca JSL, nome que também adotou como denominação social. 

Resultado 4º trimestre 
A receita bruta total do período registrou R$ 632,8 milhões, aumento de 36,3% em relação ao quarto trimestre de 2009. O resultado foi impulsionado pela receita bruta de Serviços de R$ 527,7 milhões, 25,4% maior, influenciada pelo desempenho das linhas de Serviços Dedicados e Carga Geral, e pelo crescimento de 141,4% da receita bruta da Venda de ativos, que somou R$105,1 milhões. O EBITDA-A totalizou R$ 148 milhões, incremento de 22,5%, com uma margem EBITDA-A de 26,1%, enquanto o EBITDA tradicional foi de R$ 90,3 milhões no 4T10, avanço de 22,8% na comparação anual. 

Destaques operacionais - desempenhos das linhas de negócios no trimestre 

Serviços Dedicados - concentrou receita bruta de R$ 1 bilhão em 2010, 34,9% maior que 2009. Resultado é decorrente da elevação de 24,4% na receita de contratos preexistentes e captura de R$ 100,7 milhões em novos contratos. A linha de negócios, que contempla soluções sob medida e de alto valor agregado, representou 53,4% da receita bruta de serviços da JSL no ano. No 4º trimestre, a linha apresentou receita bruta de R$ 285 milhões, 29,6% a mais que o mesmo período do ano anterior. 

Gestão e Terceirização de frota - em segundo lugar como principal fonte de receita bruta de serviços em 2010 (20,7%), o negócio apresentou resultado superior em comparação a 2009, com elevação de 20,7%, o que corresponde a um volume de R$ 388,3 milhões, dos quais, R$ 55,9 milhões em novos contratos. No 4º trimestre, a receita bruta do segmento foi de R$ 114,9 milhões, aumento de 28,3% em relação ao quarto trimestre de 2009. 

Transporte de Passageiros - representou 13,4% da receita bruta de serviços da companhia em 2010, atingindo R$ 251,1 milhões de receita bruta, crescimento de 2,2% em relação ao ano anterior, mesmo com a descontinuidade de 11 linhas de transporte intermunicipal da área 4 da Região Metropolitana de São Paulo. No 4º trimestre, contabilizou R$ 61,5 milhões de receita bruta, 7,8% menor na comparação com o mesmo período do ano anterior em razão da descontinuidade das linhas. 

Transporte de Cargas Gerais - Com representação de 10,5% na composição total da receita bruta de serviços da JSL, o segmento teve 23,6% de elevação da receita sobre o ano anterior e atingiu R$ 196,3 milhões, pelo aumento em 14% no volume transportado, pelo aumento médio do preço praticado e pelo crescimento de 19,3% na receita de contratos preexistentes. No 4º trimestre, a receita foi de 56,1 milhões, crescimento de 47,7% na comparação com o ano anterior. 

*1 EBITDA-A corresponde ao EBITDA acrescido do custo contábil residual da venda de ativos 

Quer se manter atualizado e preparado para o mercado de trabalho?
Clique aqui e descubra como a MundoLogística vai te ajudar!

 

Veja também: