Informe os dados de acesso para entrar na área do assinante.

Kangu anuncia novo chefe de operações

 

Publicado em 13/05/2021


Contratação de gestor visa aumentar capilaridade da marca e ainda promover uma logística colaborativa e inteligente dentro das cidades 

 

A Kangu, startup de logística, anuncia a contratação do novo chefe de operações, William Matsuhara. Executivo com 22 anos de logística, que durante os últimos 15 anos trabalhou na DHL Supply Chain e chegou a ter sob seu comando mais de 40 operações, quatro mil funcionários e uma frota de mil veículos rodando todos os dias, ele assume a nova posição com o desafio de ajudar na expansão da marca, intensificar o projeto de pontos Kangu e a logística que conecta a malha operacional. 
Segundo Matsuhara, o foco será seguir com a proposta da empresa, criando ferramentas para um crescimento sustentável nos próximos anos. 

 

"Na Kangu a qualidade é indiscutível e a nossa meta é crescer com excelência e harmonia com a sociedade e o meio ambiente. Com o crescimento do ecommerce, muitas empresas tiveram que começar às pressas suas operações online para se manterem vivas. Neste meio, elas encontram uma infinidade de oportunidades, mas também uma grande complexidade para conectar o consumidor com os seus produtos, principalmente no caso logística reversa. Qualidade, eficiência nas entregas e custo, são essenciais neste meio e tem um peso ainda maior para os pequenos e médios negócios. Nossa proposta é ajudar a todos neste processo”.


Com a chegada de Matsuhara, e seu conhecimento na gestão de e-commerces e desenvolvimento de negócios, a Kangu reforça seu objetivo de melhorar a logística dentro das cidades. Por meio de uma plataforma, que conta com serviços de drop off, pick up (retira), reversa, delivery, sustentado por pilares de tecnologia e sustentabilidade, os clientes e vendedores têm acesso a uma ampla variedade de empresas de transporte e podem escolher a opção de envio que lhe for mais conveniente, usando veículos adequados para os centros urbanos cidade. Além disso, o modelo permite que a startup apresente opções sustentáveis, inclusive, formatos alternativos de transporte com baixa emissão de carbono. 
A contratação do novo executivo caminha paralelamente com o crescimento acelerado da startup, que foi de 280% no ano passado. 

 

"Nós observamos que o e-commerce cresceu exponencialmente em volume e qualidade da operação, mas que o modelo de envio e recebimento de mercadorias não acompanhou este movimento e permaneceu sendo um ponto crítico que gera frustração para todos. Por isso, viabilizamos entregas mais eficientes, convenientes, sustentáveis e de menor custo ao trazer novos stakeholders para este ecossistema, como os pontos Kangu que funcionam como locais de recebimento, devolução e retirada de mercadorias. Nosso modelo utiliza tecnologia para traçar rotas mais eficientes e sustentáveis para o trajeto." - Marcelo Guarnieri, CEO da Kangu. 

 

Veja também: