Informe os dados de acesso para entrar na área do assinante.

Lincros cresce 350% em 2019 e projeta faturamento 70% maior

 

Publicado em 20/01/2020

Marcas, como BRF, DPA Nestlé, Bauducco, Renault e Cacau Show passaram a integrar portfólio da logtech


Há oito anos no mercado, a Lincros é hoje uma das principais marcas de tecnologia para logística no Brasil e fechou 2019 com crescimento de 350%.
A logtech brasileira, que iniciou seu trabalho com apenas seis profissionais, ainda em 2019 investiu em posicionamento de mercado, deixou de usar o nome TranspoBrasil, adotou uma nova identidade visual e se consolidou como referência no mercado. A aquisição de parte do portfólio e carteira de clientes da HBSIS – empresa do grupo Ambev - foi a ‘cereja do bolo’ no crescimento.
Com o incremento, os negócios chegaram a um novo patamar, que envolve o fornecimento de soluções para toda a cadeia logística de transportes de marcas globais, como DPA Nestlé e BRF.

 

Novas contas e o Prêmio Inbrasc 2019

O reconhecimento se consolidou com o Prêmio Inbrasc 2019: o roteirizador da empresa ficou entre os três melhores do país, na avaliação dos profissionais de logística que realizam as indicações.
Novas contas também marcaram o ano da logtech, como a chegada de Bauducco, Cacau Show e Renault para o portfólio. Já são mais de 140 clientes em carteira.

 

“Atualmente atendemos as principais marcas de cada segmento industrial. Dentre eles, os setores têxtil, químico, automotivo, bebidas e alimentos, por exemplo. A nossa tecnologia é responsável por coordenar a logística de grande variedade dos produtos consumidos nas casas dos brasileiros.” - Gilson Chequeto, CEO da Lincros.

 

2020 de fortalecimento na Lincros

A expectativa de incremento do faturamento da Lincros para este ano é de 70%.


“Queremos manter o ritmo forte registrado nos últimos anos. Em 2019 essa marca foi bastante superior por conta da entrada da carteira de clientes da HBSIS e essa estratégia nos garantiu um importante destaque entre as grandes empresas brasileiras. Mostramos o nosso potencial enquanto logtech e estamos colhendo bons resultados, como o reconhecimento do mercado em relação às nossas soluções, que garantem a gestão eficiente de toda a cadeia logística. Agora iremos manter o pé no acelerador para nos tornarmos ainda mais reconhecidos”.


 

 

Veja também: