Informe os dados de acesso para entrar na área do assinante.

Mac Logistic contrata Paulo Teixeira Gomes como diretor de Negócios

 

Publicado em 25/08/2014

A Mac Logistic, empresa especializada em logística integrada e carga projeto, contratou o experiente profissional Paulo Teixeira Gomes. Ele assume o cargo de diretor de Negócios & Desenvolvimento, sendo responsável por impulsionar os projetos e parcerias da Mac Logistic no Brasil e no exterior.

Com mais de 20 anos de experiência no mercado de transportes, Paulo Teixeira Gomes começou sua carreira na área de transporte marítimo internacional, na qual permaneceu por mais de 10 anos. Gomes passou por armadores nacionais e internacionais até ingressar no Grupo Maersk, no qual tomou parte da criação da Mercosul Line, uma das primeiras empresas brasileiras focadas na navegação de cabotagem. Nesse período, desenvolveu grande experiência em transporte multimodal e gestão de equipes.

Segundo Everaldo Barros, CEO da Mac Logistic, “a chegada de Paulo Teixeira Gomes faz parte de nosso plano de expansão para os próximos dois anos. Planejamos reforçar nossa equipe de vendas, a operação de transporte internacional de forma geral e expandir nossa rede de parceiros em todo mundo. Estou seguro que nosso novo diretor exercerá um papel fundamental nesse processo”.

Já o novo diretor ressalta que o modelo de trabalho da Mac Logistic e as perspectivas para os próximos anos o atraíram para a empresa. “A Mac Logistic tem uma cultura de gestão de pessoas muito forte, alinhada ao grande conhecimento técnico e uma plataforma de TI adequada. Acredito que possa somar muito a esse time.”

O diretor explica que seus mercados-alvos, nos próximos meses, são a importação aérea e marítima, a terceirização de processo logístico (door-to-door) e a carga projeto. Ele lembra que a Mac Logistic já tem grandes credenciais nessa área, como o trabalho realizado a Gerdau de transporte de mercadorias e insumos e o transporte das composições do primeiro veículo leve sob trilhos (VLT) do País, que está sendo implementado em Cuiabá. Em termos de setores da economia, os prioritários são comércio, têxtil, equipamentos, além do renascimento do setor ferroviário no País, que embora caminhe a passos lentos, deve ganhar novo impulso com as concessões previstas para os próximos anos. 

 

Veja também: