ÁREA DO ASSINANTE
Inscreva-se em nossa newsletter e fique bem informado!

 

Categorias

 

Evento Operações Logísticas Inovadoras

 

e-Galpão

 



Maior encontro de LEAN do Brasil reúne 35 cases e 80 palestras

Publicado em 10/05/2014

Embraer, GM, Vale, Brasil Foods, Coca-Cola, Philips, Scania, Volvo, Nivea, Dpaschoal, Alcoa, Alpargatas, Azul, Bosch, Whirlpool, Thyssenkrupp, Caterpilar... e diversas outras, além de especialistas internacionais e do Brasil, vão se reunir e trocar experiências no Lean Summit 2014, que será a 11ª edição do maior encontro lean brasileiro, dias 2 e 3 de setembro, no Expo Center Norte

 

Edição anterior do encontro, em 2012, reuniu mais de 1.100 pessoas, de 200 empresas, que assistiram a mais de 30 cases Lean, em mais de 50 palestras

Um grupo 35 grandes empresas vai detalhar, num encontro de dois dias, em São Paulo, como conseguiram eliminar desperdícios, diminuir custos, aumentar produtividade, competitividade, lucro e satisfação do cliente ao adotar o Sistema Lean.

Trata-se de um sistema de gestão que visa identificar, em qualquer tipo de empresa, as atividades que agregam valor aos clientes (o que eles estão realmente dispostos a pagar) e eliminar os desperdícios (o que eles não estão dispostos a pagar) – filosofia originária do modelo Toyota que tornou a montadora japonesa a maior do setor e gerou um sistema adotado hoje por empresas de diversos segmentos, em todo mundo.

O encontro das 35 grandes empresas que estão adotando tal modelo de gestão será no Lean Summit 2014, dias 2 e 3 de setembro, no Expo Center Norte, em São Paulo, evento que vai marcar a 11ª edição desse que é considerado o “maior encontro lean” do Brasil.

Só para se ter uma idéia, na edição passada, em 2012, o evento reuniu mais de 1.100 pessoas, de 200 empresas, que assistiram a 33 cases lean, em mais de 50 palestras diferentes.

Neste ano, as empresas que vão mostrar suas implementações e resultados que já obtiveram serão: Embraer, GM, Vale, Brasil Foods, Coca-Cola, Philips, Scania, Volvo, Nivea, Dpaschoal, Alcoa, Alpargatas, Azul, Bosch, Whirlpool, Thyssenkrupp, Caterpilar, John Deere, Case New Holland, CSC (Grupo Camargo Correa), Holcim, 3m, Akzo Nobel, Astra Zeneca, Ci&T, Dow, Flextronics, FMC, GSK, La Fonte Assa Abloy, Parker, Wabco, Weg, Zen e Instituto de Oncologia do Vale (IOV).

Além disso, o encontro trará ao Brasil quatro especialistas internacionais que estão hoje entre os maiores experts do mundo em Sistema Lean: John Shook, Art Byrne, Jim Morgan e Ian Glenday.

Ao todo, serão mais de 80 palestras diferentes sobre Sistema Lean, em dois dias, isso somando os cases apresentados e também as demais apresentações dos especialistas internacionais e do Lean Institute Brasil (www.lean.org.br), de São Paulo, entidade brasileira sem fins lucrativos que é a organizadora do encontro.

As palestras e os cases vão demonstrar em detalhes a aplicação do Lean em diversas áreas, como Produção, Logística, Relação com Fornecedores, Setor Administrativo, Vendas, Marketing, Finanças, Recursos Humanos, Liderança, Desenvolvimento de Pessoas, de Processos, de Produtos, Planos e Estratégia e Tecnologia da Informação.

E os 35 cases que serão apresentados vão abranger um leque diversificado de empresas de diferentes segmentos, como alimentício, vestuário, cosmético, mineração, dos setores aéreo e aeroespacial, dos segmentos automotivo e de autopeças, da área farmacêutica, agrícola, de software, de assistência à saúde, entre outras.

Acesse a programação em detalhes: https://www.lean.org.br/leansummit2014/index13.html

 

Conheça os especialistas internacionais:

Por exemplo, John Shook, presidente e CEO do Lean Enterprise Institute, dos EUA, primeiro instituto lean do mundo, e presidente da Lean Global Network, que reúne hoje 17 institutos lean de 17 países, em 5 continentes, incluindo o Lean Institute Brasil.

Shook foi o primeiro norte-americano a se tornar gerente da Toyota, onde atuou por 11 anos. Autor de diversos livros, como “Aprendendo a Enxergar”, no qual apresentou ao mundo o Mapeamento de Fluxo de Valor, um dos mais importantes conceitos do Sistema Lean, além das obras “Kaizen Express”, que detalha conceitos centrais do sistema, e “Gerenciando para o Aprendizado” que descreve o processo A3, uma das bases do modelo Lean.

No encontro, Shook vai falar sobre a relação do Sistema Lean com o conceito de inovação, assim como quais são os elementos fundamentais de um modelo de “transformação lean” de sucesso.

Outra atração internacional será Art Byrne, um dos mais destacados consultores em lean do mundo, que em três décadas já atuou em adoções lean em mais de 30 empresas, em 14 países. E que liderou a transformação lean na Wiremold, fato histórico que levou a empresa a um aumento de valor de Mercado de 2.500% em 10 anos. Com isso, sendo reconhecido, assim, pelo Prêmio Shingo – espécie de “Oscar lean” dos EUA –, tornando-se um dos mais famosos “cases lean” do mundo, relatado no livro “Mentalidade Enxuta nas Empresas”, de James Womack e Daniel Jones.

No encontro, Byrne vai detalhar as idéias de seu livro “Lean Turnaroud”, no qual detalha, por exemplo, o papel da liderança na “transformação lean” numa organização, fruto de sua experiência com lean de mais de três décadas, em 30 empresas, de 14 países.

Outro especialista internacional a participar do encontro será Jim Morgan, um dos mais renomados consultores lean do mundo, Conselheiro Senior do Lean  Enterprise Institute, dos EUA, e que foi diretor da Ford norte-americana durante a famosa revitalização de produtos que ocorreu na montadora liderada pelo então CEO Alan Mulally.

Coautor do livro “Sistema Toyota de Desenvolvimento de Produto”, Morgan vai detalhar no encontro como aplicar o Lean para desenvolver processos e produtos e a importância disso para a competitividade das empresas.

O quarto especialista internacional do encontro será Ian Glenday que também já atuou na implementação dos conceitos Lean em diversas empresas. Por exemplo, na Reckitt & Colman, onde foi responsável por implementar a estratégia da cadeia de suprimentos da companhia na Europa, baseado no conceito “todo produto todo intervalo”. Ou como diretor de Desdobramento da Estratégia na Colman em Norwich, onde obteve substancial aumento das vendas, market share e margem de lucro pela aplicação do Lean na empresa toda.

Autor dos livros “Breaking Through to Flow” e “Lean RFS: putting the pieces togheter”, ambos ainda sem edição em português, mas já reconhecidos com o disputado Prêmio Shingo, Glenday vai detalhar no encontro brasileiro como desenvolver o nivelamento na cadeia de suprimentos utilizando o conceito de “Repetitive Flexible Supply”, que visa melhorar a entrega e a utilização dos recursos.

“O Lean Summit 2014 tem o objetivo de apoiar profissionais e empresas de todos os setores da economia e que estão adotando o Sistema Lean em diferentes estágios de implementação”, resumiu o prof. José Roberto Ferro, considerado um dos cinco maiores especialistas em Lean do mundo, Presidente e Fundador do Lean Insitute Brasil, organizador do encontro.

“Os que estão iniciando terão uma visão ampla sobre o assunto, formas de aplicação e resultados concretos. E os que já aplicam a filosofia Lean poderão aprofundar seus conhecimentos com o que há hoje de mais inovador no tema em todo o mundo”, completou Flávio Picchi, Diretor Executivo do Lean Institute Brasil.

Segundo eles, o encontro foi planejado para atingir e ser útil para presidentes, diretores, gerentes, supervisores, coordenadores e instrutores interessados em aprender mais sobre o tema e/ou que precisam adotar ou sustentar o Sistema Lean em empresas e entidades de todas atividades, setores ou tamanhos.

 

Exposição de A3s:

Uma das novidades do encontro deste ano será o projeto “Compartilhe seu A3” que vai expor durante o evento uma seleção dos “melhores A3s” enviados ao Lean Institute Brasil por praticantes lean de todo país.

Uma das bases do pensamento Lean, o A3 surgiu como uma prática pioneira da Toyota, na qual o problema, a análise, as ações corretivas e o plano de ação de qualquer coisa importante que se faça na empresa são escritos em uma única folha de papel (tamanho A3, termo internacional para uma folha de papel com 297 milímetros de largura e 420 milímetros de comprimento), normalmente utilizando-se gráficos e figuras.

Para os praticantes do pensamento Lean, os chamados “relatórios A3s” evoluíram até se tornarem um método padrão para resolução de problemas, relatório de status e exercícios de planejamento.

 

“Entidade organizadora foi a 2ª a surgir no mundo e hoje faz parte de uma rede de 17 institutos lean, em 17 países, 5 continentes”

Entidade sem fins lucrativos, referência mundial em Lean, a organizadora do encontro, o Lean Institute Brasil, de São Paulo, dissemina há mais de 15 anos o Sistema Lean entre as empresas brasileiras.

A entidade foi a segunda do tipo a surgir no mundo – a primeira foi a norte-americana . Hoje, o instituto brasileiro é parte de uma rede de 17 institutos distribuídos por 17 países e 5 continentes.

O Lean Summit 2014 tem patrocínio da Isoflex – Soluções para Gestão Visual.

O encontro também recebe apoio da Tam e da revista Mundo Logística.

 

VAGAS LIMITADAS !!!

Inscrições e mais informações sobre parcerias de hotéis e companhia aérea, referências de locais, detalhes de horários e outros: https://www.lean.org.br/leansummit2014/index13.html

Você tem interesse em logística? Então acesse a plataforma de
conhecimento em logística e supply chain e atualize-se!
Clique aqui e saiba mais!

 

Veja também: