ÁREA DO ASSINANTE
Inscreva-se em nossa newsletter e fique bem informado!
Airport town

 

Categorias

 

Fretebras

 

BYD

 

e-Galpão

 



Matra do Brasil inaugura linha de produção de 210 mil paletes PBR/mês e anuncia novas filiais

Publicado em 12/04/2011

Com as novas filiais, a Matra do Brasil espera crescer 12% em volume de produção em 2011. Curitiba abrigará segunda fábrica da empresa. Filiais apoiarão rodízio de paletes 

A Matra do Brasil (http://www.matradobrasil.com.br), fabricante de paletes e caixas de madeira e prestadora de serviços de locação e gerenciamento de pool de paletes, inaugura uma linha de produção de paletes totalmente automatizada na cidade de Itaquaquecetuba, São Paulo. A empresa investiu 1,8 milhão de dólares em um equipamento desenvolvido pela espanhola Cape e poderá produzir 400 paletes/ hora contra os 1.200 paletes/dia da linha anterior. 

De acordo com Valdir Cirielli, diretor da Matra do Brasil, produzindo até 210 mil paletes PBR*/mês, a nova linha de produção suprirá a demanda nacional reprimida de paletes PBR destinados à venda, à locação e ao sistema de pool de paletes. A linha provocou algumas mudanças na fábrica: a primeira foi um realinhamento da mão-de-obra, que antes era empregada na montagem dos paletes e hoje é usada na usinagem de madeira; a segunda está relacionada à manutenção da linha, pois a empresa espanhola mantém um sistema on-line para identificação de problemas e soluções, evitando ruptura na produção. 

Cirielli informa que a Matra do Brasil inaugurará, em junho, uma segunda linha de produção em Curitiba, Paraná, com capacidade para produzir 20 mil paletes/mês. Foram investidos 450 mil Reais e ela será equipada com a linha semi-automatizada que estava instalada em Itaquaquecetuba e dará suporte ao suprimento na região Sul, considerada estratégica para a Matra por ser rota de países que compõem o Mercosul. Em mais um de seus passos rumo à expansão das operações, a empresa está analisando o comportamento para suprimento do mercado sulamericano. 

"Ao investir em uma nova linha, a Matra conquistou autosuficiência na produção dos paletes, pois antes sofríamos com a elevação da demanda em períodos de sazonalidade -de setembro a dezembro-, levando-nos a comprá-los no mercado para abastecer o sistema de pool de paletes", revela o executivo. 
"Com a capacidade ampliada, esperamos crescer 35% em faturamento até 2014". 

Novas filiais no Nordeste e Sul 
A empresa também está inaugurando filiais pelo País. Localizadas em Lauro de Freitas, na Bahia, e Cariacica, no Espírito Santo, serão inauguradas em julho deste ano; ambas funcionarão como ponto de coleta e abastecimento de paletes para empresas da região. As filiais da Matra em Fortaleza (CE) e Recife (PE) já completaram um ano de atividades e fazem parte do sistema de coleta e abastecimento de paletes nas regiões Norte e Nordeste. 

"As novas filiais darão suporte ao serviço de gerenciamento de pool de paletes, que cresceu 36% nos últimos dois anos. Levaremos a esses estados a filosofia da Matra, inclusive no que se refere a sustentabilidade, para que possamos replicar nosso modelo de gestão", diz Cirielli. 

De acordo com o executivo, as filiais representarão uma redução de custos operacionais nos valores de fretes, abastecimento e coleta do sistema de pool de paletes, visto que os paletes serão direcionados para operações nas próprias regiões de coletas (pool e locação de paletes). Com relação à fábrica de Curitiba, Cirielli destaca que a Matra já atende clientes do sistema PDS na região e está em fase final de negociações de contratos no Estado do Paraná: "consideramos Curitiba como região estratégica para o Mercosul, com grandes perspectivas de crescimento, por isso investimos na região." 

Com as novas filiais, a Matra do Brasil espera crescer 12% em volume de produção em 2011, em comparação a 2010. A empresa concentrará seus esforços na consolidação de sua expansão pelo País e no atendimento de segmentos como cosmético, higiene e limpeza, e alimentício (que hoje representa 70% de seus clientes). 


Números da Matra do Brasil: 
12.000 m2 é a área da fábrica de Itaquaquecetuba 
210 mil paletes/mês é a capacidade produtiva da nova linha de produção 
1,8 milhão de dólares foram investidos na nova linha de produção 

*Palete PBR: modelo ideal para a movimentação e armazenagem de produtos entre a indústria fornecedora e os setores varejista e atacadista, o palete PBR possui especificações que visam sua padronização: medida 1,00 x 1,20m, face dupla não reversível e quatro entradas. 

Quer se manter atualizado e preparado para o mercado de trabalho?
Clique aqui e descubra como a MundoLogística vai te ajudar!

 

Veja também: