Informe os dados de acesso para entrar na área do assinante.

Mercado Livre anuncia quatro novos CDs e dobra capacidade logística no Brasil

 

Publicado em 24/02/2022

Com a inauguração dos novos centros de distribuição, a logística da empresa aumentará a capacidade de transação para mais de 1 milhão de pacotes por dia e oferecerá entregas em até 2 dias para mais de 4 mil cidades

Por Redação, com informações de Assessoria de Imprensa


Foto: Divulgação

O Mercado Livre anunciou a inauguração de quatro novos centros de distribuição no Brasil, todos eles no estado de São Paulo. Os empreendimentos ficam distribuídos entre a capital paulista – no bairro de Perus, na região norte –, dois em Barueri (SP) e um em Araçariguama (SP), no interior do estado.

A inauguração dos quatro novos CDs aumentará para mais de 1 milhão de pacotes a capacidade de transação diária da logística do Mercado Livre, além da geração de mais de 7 mil vagas de empregos diretos (quando operados em suas capacidades máximas).

O centro de distribuição sediado no bairro de Perus é o primeiro receiving center da companhia, estabelecimento que recebe produtos dos vendedores do Mercado Livre e facilita a correta distribuição para os centros de fulfillment correspondentes a cada tipo de mercadoria.

De acordo com a empresa, a expectativa é promover agilidade e eficiência em toda a operação. O vice-presidente Sênior e Líder do Mercado Livre no Brasil, Fernando Yunes, explica que os novos CDs expandem a malha logística e reflete o comprometimento da empresa de democratizar o comércio.

“Com essas adições, podemos oferecer ainda mais sortimento e comodidade para os nossos clientes, ampliando a modalidade de entrega rápida, frete grátis, lojas oficiais. Esperamos manter e exceder o nível de satisfação dos nossos clientes, que hoje está um patamar histórico para o Mercado Livre.” – Fernando Yunes, vice-presidente Sênior e Líder do Mercado Livre no Brasil.

O CD estabelecido na região norte da capital paulista e o centro de Franco da Rocha (SP), focado em produtos pesados e linha branca, já estão em operação e foram parte da malha logística da empresa na Black Friday 2021. Os demais, da modalidade fulfillment, serão inaugurados integralmente no segundo semestre de 2022.

ESTRUTURA LOGÍSTICA DO MERCADO LIVRE

Com a adição dos quatro novos centros de distribuição, o Mercado Livre passará a ter uma estrutura logística de 12 CDs Full, 1 Receiving Center, 17 Cross Dockings, mais de 100 Services Centers e 3 mil Agências Mercado Livre. Esses ativos aumentam a infraestrutura logística para 1.029 km² em operações de fulfillment.

A companhia conta possui uma frota própria de veículos composta por 51 carros elétricos, 3 mil caminhões, 1,1 mil vans, 3 aviões e 26 carretas movidas a gás e mais de 13 mil veículos atuando na última milha. A empresa ainda anunciou recentemente o Mercado Envios Extra, em que entregadores autônomos passam a integrar a rede de Envios.

De acordo com o vice-presidente de Logística do Mercado Livre para a América Latina, Leandro Bassoi, capacidade de armazenamento e variedade de produtos é proporcional ao aumento complexidade e necessidade de organização não apenas do caminho do pacote para o consumidor, mas do caminho do produto do parceiro para o centro de distribuição da companhia.

“Com nosso Receiving Center, aumentamos nossa eficiência logística no inbound de produtos. Além disso, nossos outros Centros aumentam nossa capacidade de armazenamento e se aliam a nossos outros 8 Centros de Distribuição já em operação, que garantem uma entrega rápida em todo o território nacional” – Leandro Bassoi, vice-presidente de Logística do Mercado Livre para América Latina.

Atualmente, o Mercado Livre realiza envios de produtos em que é responsável por todo o processo logístico no mesmo dia para 50 cidades, (cujos CEPs cobrem 20% das vendas), em até 1 dia para 2,1 mil cidades (alcançando 75% das entregas) e em até 2 dias para 4,7 mil cidades do Brasil (cobrindo 90% das entregas).

 

Artigo(s) publicado(s) na revista e relacionado(s)


 

Nasce uma estrela: o Mercado Livre como super integrador logístico
Entrevista com Leandro Bassoi, vice-presidente de Operações Logísticas do Mercado Livre

 

 

Veja também: