Informe os dados de acesso para entrar na área do assinante.

Logistica do Futuro 2022

Mercado Livre planeja investimento de R$ 17 bi para dobrar capacidade logística no Brasil

 

Publicado em 23/03/2022

Com montante 70% maior do que o investido no Brasil em 2021, a empresa deve manter a aposta em seu principal mercado; proposta também inclui a ampliação do Mercado Pago

Por Redação, com informações de Reuters


Foto: Divulgação

O Mercado Livre anunciou que pretende investir R$ 17 bilhões no Brasil em 2022 para dobrar a capacidade logística no país e ampliar a oferta de sua unidade de serviços financeiros, Mercado Pago. Com montante 70% maior do que o investido no Brasil em 2021, a empresa deve manter a aposta em seu principal mercado.

O valor aplicado no ano passado já tinha sido equivalente ao investido pela empresa no país nos quatro anos anteriores, na esteira da explosão do comércio eletrônico impulsionada pelo isolamento social. Com a gradual flexibilização das medidas contra Covid-19, o Mercado Livre tem se concentrado em oferecer mais serviços financeiros, incluindo seguros e empréstimos, além de dar maior recorrência ao seu marketplace com vendas de produtos de supermercados.

Em comunicado, o Mercado Livre afirmou que o investimento faz parte da estratégia de crescimento e consolidação dos negócios no país e que parte significativa dos recursos será destinada à ampliação de oferta do Mercado Pago. A companhia deve anunciar planos para este negócio ainda nesta semana.

“A aceleração nos investimentos é reflexo do nosso crescimento sustentável e constante no país, em conexão com o nosso compromisso de democratizar o comércio e os serviços financeiros para pessoas e empresas por meio da internet.” – Fernando Yunes, vice-presidente sênior do Mercado Livre no Brasil.

A outra parte dos recursos será empregada em quatro novos centros de distribuição no Brasil em 2022, todos no estado de São Paulo, plano anunciado em fevereiro, e que deve dobrar o potencial de entrega de encomendas do grupo no País. Também no mês passado, o Mercado Livre havia anunciado plano de investir o equivalente a quase US$ 1,5 bilhão no México neste ano, para fortalecer sua operação logística, especialmente para os negócios de moda e de supermercados.

E-COMMERCE E CAPACIDADE LOGÍSTICA

Com os quatro novos centros de distribuição, o Mercado Livre passará a contar, até o final do ano, com uma estrutura logística de: 12 centros de distribuição fulfillment, 1 receiving center, 17 cross dockings, mais de 100 services centers e 3 mil agências Mercado Livre. Esses ativos aumentam a infraestrutura logística para 1.029 km em operações de fulfillment, onde a empresa é responsável por todo o processo logístico, desde o estoque de produtos até a entrega ao consumidor final. A companhia tem uma frota própria de veículos composta por 51 carros elétricos, 3 mil caminhões, 1.100 vans, 3 aviões e 26 carretas movidas a gás e mais de 13 mil veículos atuando na última milha.

Atualmente, na modalidade em que é responsável por todo o processo logístico, o Mercado Livre realiza envios de produtos no mesmo dia para 50 cidades, cujos CEPs cobrem 20% das vendas, e em até 1 dia para 2,1 mil cidades, alcançando 75% das entregas, e em até 2 dias para 4,7 mil cidades do Brasil, cobrindo 90% das entregas.

 

Veja também: