ÁREA DO ASSINANTE
Inscreva-se em nossa newsletter e fique bem informado!

 

Categorias

 

Evento Operações Logísticas Inovadoras

 

e-Galpão

 



NewPost promete revolucionar o sistema de envios e entregas por meio de lockers inteligentes

Publicado em 12/09/2019

Startup utiliza uma rede interligada para facilitar e agilizar o fluxo e a logística de produtos comprados via e-commerce

 

Nos últimos três anos, o número de reclamações a respeito de atrasos na entrega de encomendas pelos Correios cresceu 14%, de acordo com dados divulgados pelo site Reclame Aqui. Além do atraso, os preços e a falta de flexibilidade para enviar e retirar pedidos também trazem prejuízos aos usuários desse serviço.

Com o objetivo de trazer uma opção inovadora e resolver problemas de logística, como a última milha, dificuldade de entrega em zonas de risco, operação fora de horário comercial, entre outros, a NewPost surgiu em 2018. A empresa é 100% nacional e chega para melhorar a experiência de compra do consumidor, por meio de uma rede de lockers inteligentes de autoatendimento para envio e recebimentos de encomendas.

"Trouxemos um serviço que já é tendência na Europa e nos Estados Unidos e que espalha lockers pela cidade para revolucionar o mercado de logística. É uma solução prática e econômica, que visa facilitar o dia a dia agitado de pessoas que não têm disponibilidade de buscarem suas compras em um lugar específico ou em horário comercial, das 8h às 18h, por exemplo", afirma Olegas Orlovas, sócio-fundador e estrategista da NewPost.

Como funciona

A NewPost trabalha com uma rede interligada de lockers, que podem ser instalados em shopping centers, lojas, prédios comerciais e em qualquer outro lugar que tenha grande circulação de pessoas. "Para o parceiro de varejo não há custo para implementação do locker. Com isso, buscamos empresas que vejam o nosso serviço como um atrativo para consumidores que circulam pela região", avalia Orlovas.

Quem utiliza o serviço não precisa fazer cadastro prévio ou pagar mensalidade, visto que o sistema de pagamento é baseado no modelo pay-per-use. A pessoa faz todo o cadastro no próprio locker, por meio da tela e não precisa de caixas ou etiquetas para embalar o produto.

Além do envio de mercadorias, os lockers da NewPost também funcionam em cooperação com lojas, no sistema de clique-e-retire. "Já temos parcerias com grandes redes varejistas, como Cobasi e a Leroy Merlin, que em apenas quatro meses de parceria conseguiu reduzir o tempo de entrega de mercadorias em 85%", celebra o executivo.

A instalação dos lockers também facilitou a vida de quem não tem tempo para retirar uma mercadoria em horário comercial, visto que eles podem ser acessados em qualquer momento do dia ou da noite, dependendo somente da disponibilidade do local em que é instalado.

"Além dos grandes varejistas, nossa solução também atende os micro e pequenos empreendedores, que não precisam depender de uma só empresa para o envio de suas mercadorias", afirma Orlovas.

 

 

Artigo(s) relacionado(s) com este conteúdo

Duas décadas de e-commerce e as transformações na logística
Resumo: O e-commerce já deixou, há muito tempo, de ser sinônimo de novidade. De fato, sob a perspectiva de 2019, é curioso relembrar a antiga organização da logística das empresas, antes do advento dos clientes online. O que de fato mudou nas expectativas? Como se chegou até aqui? Para onde o comércio eletrônico está levando os profissionais de logística?

 

 

Veja também: