ÁREA DO ASSINANTE
Inscreva-se em nossa newsletter e fique bem informado!
Promo PowerBank

 

Categorias

 


 
 Quintiq

 

Intermodal

 



Operador Logístico Dachser avalia positivamente mudanças no Brasil para os ?Jogos 2014 e 2016?

Publicado em 24/04/2014

Multinacional Alemã aposta na melhoria da infraestrutura do País para expandir ainda mais suas atividades no Brasil.

Para a Dachser, operador logístico mundial com sede na Alemanha, o Brasil é considerado um mercado do futuro. Desde 2007, a Dachser está presente no país, aumentando continuamente suas unidades de negócios no território nacional e também nos países emergentes do BRICS (Brasil, Russia, India, China e África do Sul).

As mudanças estão, praticamente, em toda parte: escavadoras e guindastes, caminhões e movimentação de trabalhadores de construção. É bastante claro que o Brasil está em um caminho ambicioso, e por um bom motivo. O país está se preparando para dois grandes eventos: a Copa Mundial da FIFA em 2014 e os Jogos Olímpicos em 2016. E, por isso, doze cidades brasileiras estão presenciando o surgimento de novos estádios de futebol ou a reforma de estádios antigos. Além disso, o governo, as empresas privadas e a indústria estão injetando aproximadamente 26 bilhões de dólares na infraestrutura do país a fim de preparar-se para a grande festa do futebol em 2014. Outros 3 bilhões de dólares serão gastos nos Jogos Olímpicos, fazendo com que até mesmo os mais aficionados por esportes esfreguem seus olhos em descrença em relação ao que está sendo feito — e gasto — nesses eventos que acontecerão em breve. Além do transporte rápido e das estações de metrô, vários projetos de monotrilhos também estão sendo executados. São Paulo, uma metrópole comercial com uma população de aproximadamente 20 milhões de pessoas em sua área metropolitana, está acelerando a construção de mais 100 quilômetros de metrô.

Mas, as mudanças não param por aí, como explica Odair Busoli Filho, National Sales Director. “Por causa da Copa do Mundo de Futebol, o governo finalmente decidiu privatizar também os principais aeroportos e abrir novos terminais até junho de 2014”. Odair comemora esse desenvolvimento porque a infraestrutura nas maiores cidades do país sempre foi um desafio enorme para os profissionais de logística.

Crescendo para atender a demanda - Desde 2011, a Dachser continua a expandir sua rede de filiais. “Para obter sucesso no Brasil — com suas dimensões continentais — é importante ter um número suficiente de escritórios em todo o país,” afirma Odair, explicando a política de expansão da Dachser. Hoje, os escritórios da Dachser em Porto Alegre, Itajaí, Curitiba, Campinas — sede do escritório principal desde março de 2012 — São Paulo, Santos e Rio de Janeiro cobrem toda a região sul e sudeste do país. Além disso, existem duas localidades no norte/nordeste do Brasil — em Manaus e Salvador/Bahia.

A Dachser Brasil prossegue em seu desenvolvimento positivo desde seu início no país em 2007, gerando um crescimento de mais de 10% ao ano. Enquanto a exportação de carne foi o foco principal da empresa em seu início, suas atividades atuais relacionadas às importações cresceram muito nos últimos anos, alavancando também o setor de desembaraço aduaneiro da empresa. “Nossa receita do setor automotivo cresceu consideravelmente. Sem dúvida, nos tornamos um dos players locais mais importantes", enfatiza Odair

 

Veja também: