Informe os dados de acesso para entrar na área do assinante.

Transportadora ou Correios: qual é o melhor para o e-commerce?

 

Publicado em 17/02/2021

É preciso compreender a necessidade do negócio antes de fazer a escolha, considerando pontos como custo e agilidade do frete

 

Uma das principais dúvidas entre aqueles que decidem vender pela internet é como garantir que a entrega seja realizada com o melhor índice de competência possível, ou seja, de forma íntegra, a custos justos e dentro do prazo estabelecido. Apesar disso, selecionar uma empresa para se responsabilizar por esta logística nem sempre é uma escolha óbvia. Aliás, esta é uma das grandes preocupações de qualquer e-commerce.

Segundo o aprendizado de mercado da Pitney Bowes, empresa de tecnologia especializada em logística, encomendas e pacotes, o primeiro passo para acertar é refletir sobre a melhor relação custo-benefício para a realização das entregas. A partir daí, é possível descobrir se é mais vantajoso optar por uma transportadora ou pelos Correios.

Entre as vantagens de contar com uma empresa terceirizada, está a elevação da produtividade, afinal de contas, uma empresa foi contratada exclusivamente para se responsabilizar pela chegada dos pedidos até as mãos do cliente. Outro ponto é a redução de custos operacionais, liberando o time interno para focar em atividades consideradas estratégicas para o negócio.
Além disso, as transportadoras também permitem a redução dos custos de frete, que têm representado a causa da maioria dos abandonos de carrinho.

 

Por outro lado, os Correios também representam uma boa opção para as entregas pelos inúmeros serviços garantidos pela companhia. Por exemplo, a empresa oferece o famoso Clique e Retire, que consiste na retirada de encomenda nas mais de 6,7 mil agências dos Correios, em todo o Brasil, por compradores que manifestarem essa preferência na compra online, sem cobrança adicional. O cliente realiza a compra na loja virtual que tenha essa funcionalidade cadastrada e a encomenda é encaminhada para a agência escolhida pelo comprador, que recebe notificação por SMS sobre a disponibilidade do seu pedido. 

Outra exclusividade dos Correios é a logística reversa, para o caso de o cliente precisar trocar o produto. Desta forma, a companhia oferece o serviço de devolução sem custo ao remetente, o que ocorre em agência, quando o cliente apresenta a autorização de postagem juntamente com o produto a ser devolvido em uma agência dos Correios, ou simultânea domiciliar, quando os correios coletam o produto a ser devolvido no endereço do cliente.

Além de outros serviços, os Correios oferecem também opções para remessas internacionais. Em parceria com a Receita Federal, os Correios criaram uma plataforma eletrônica para mais celeridade e comodidade na emissão e no recebimento de remessas para o exterior, além de proporcionar maior segurança tanto para quem compra quanto para quem vende. O serviço de remessas de exportação oferece quatro modalidades de envio de mercadorias, amostras e documentos, com variação de preços, prazos e redes de distribuição. Para finalizar, além do transporte, o serviço conta com suporte ao exportador, simplificando todos os processos fiscais e aduaneiros.
 

 

Artigo(s) publicado(s) na revista e relacionado(s)


 

Logística reversa em grandes operações de e-commerce
Dicas como lidar com os desafios e adaptar modelos operacionais

 

 

Veja também: