Informe os dados de acesso para entrar na área do assinante.

TruckPad cria site para auxiliar no transporte de mercadorias essenciais

 

Publicado em 19/03/2020

Hospitais, clínicas e abrigos podem solicitar, gratuitamente, ajuda para localizar e contratar frete de produtos essenciais à saúde

 

O mundo está em alerta e unindo esforços para controlar a pandemia do novo coronavírus. E o setor logístico precisa estar mais ativo do que nunca, para manter o abastecimento do país e transportar suprimentos de saúde e higiene. Para agilizar o deslocamento de produtos prioritários neste momento de crise, o TruckPad, maior plataforma da América Latina de conexão entre cargas e caminhoneiros autônomos, montou uma equipe com seus especialistas e a está colocando à disposição para ajudar na localização e contratação on-line de caminhoneiros para realizarem o transporte de produtos essenciais para hospitais e abrigos, por meio do portal Transporte Voluntário.

 

"Entendemos que as empresas têm um papel social a cumprir nesse momento, em especial as de áreas como saúde, logística e alimentação. Temos informações da nossa base de dados de que a grande maioria dos caminhoneiros não pretende parar de trabalhar nesse momento, o que nos deixa mais seguros em relação ao abastecimento, mas queremos fazer nossa parte para ajudar a fazer com que as demandas essenciais sejam atendidas." - Carlos Mira, CEO e fundador do TruckPad.

 

Como o site funcionará?

Por meio do site, hospitais, clínicas e centros de distribuição podem informar a mercadoria que precisam transportar e a equipe do TruckPad vai localizar um caminhoneiro adequado o mais rápido possível, sem cobrar nada por esse serviço - e ainda com um substancial subsídio no valor do frete a ser pago ao motorista autônomo.

 

"Sabemos que 67% do transporte de cargas no Brasil é feito por caminhões e, nesse momento, é muito importante que os suprimentos cheguem às regiões que mais precisam. TruckPad está montando um time para ajudar nessa distribuição de forma rápida e eficiente, com uso de nossa base com mais de 400 mil motoristas autônomos registrados."

 

Veja também: