Informe os dados de acesso para entrar na área do assinante.

Volkswagen, na Argentina, terá equipamentos exclusivos da Translift

 

Publicado em 27/05/2020

Fabricado no Brasil, o sistema faz parte de um processo de automatização entre linhas de produção de motores

 

A Translift Sistemas de Movimentação e Armazenagem, especializada no projeto, fabricação e integração de sistemas, automação e soluções para produção industrial, foi eleita pela Volkswagen para desenvolver um sistema exclusivo de AGVs Empilhadeira e transportadores automáticos para sua linha de motores na planta de Córdoba, Argentina. Os sistemas estão sendo fabricados no Brasil.
A decisão de automatizar a movimentação de paletes com peças entre as linhas de produção da área de Usinagem da montadora ocorreu após uma reestruturação, propondo a mudança para substituir empilhadeiras e dar maior produtividade no processo, adicionando também segurança e eliminando problemas de saúde aos operadores.

O sistema de AGVs da Volkswagen Córdoba vai movimentar cerca de 250 paletes por dia e é composto por cinco equipamentos com capacidade de 500 kg de carga cada. A elevação será feita a 500 mm do piso, graças a um conjunto de garfos elevados com cilindro hidráulico e encoder de precisão.
O guiamento do sistema pelas linhas é o ótico, em que os veículos trafegarão por uma rota instalada no piso com auxílio de faixas coloridas e a leitura será feita através de uma câmera: o controlador de bordo reconhece a trajetória e processa o sinal, conduzindo assim cada AGV. O sistema será gerenciado por um sistema PLC externo.

 

“Na ausência de sinal da câmera, o AGV para imediatamente, o que garante máxima segurança. Nos pontos de bifurcação, as rotas são definidas através da leitura de tags RFID, onde constam informações de qual caminho deve ser seguido.” - Anselmo Torresan, gerente Comercial Translift.

 

Os motores fabricados na linha da Volkswagen Córdoba atendem à produção naquele país e estará instalado ao término do período de quarentena, quando as viagens entre Brasil e Argentina estarão liberadas.

 

“O ponto forte desse sistema é nossa proposta sob medida em que os AGVs fazem também empilhamento, atendendo o transporte tanto na horizontal e quanto na elevação dos paletes, contando com dispositivos de controle de peso e permitindo monitoramento dos equipamentos via internet, bem como realizar download e upload de sistemas.” - Jair Alves, presidente da Translift.

 

Ele acrescenta que a empresa desenvolve projetos para montadoras na Argentina, mas que este é o primeiro de AGVs.

 

“É um sistema dotado de inteligência que permite sua conectividade com outros equipamentos da linha, como os transportadores automáticos de rolos, automatizando todo o processo, um projeto diferenciado para a montadora.”

 

Veja também: