Informe os dados de acesso para entrar na área do assinante.

Wilson Sons registra alta de 200% na movimentação de cargas do setor automotivo

 

Publicado em 16/09/2021

No centro logístico da empresa em Santo André (SP), são realizadas operações especiais e just in time que têm contribuído para a indústria automobilística


Foto: Divulgação

A Wilson Sons anunciou que o Centro Logístico Santo André, em São Paulo, teve aumento de mais de 200% na movimentação de contêineres do setor automotivo entre janeiro e julho deste ano em comparação a igual período de 2020. Nos últimos sete meses, a unidade recebeu 755 contêineres – o equivalente a 12,8 mil toneladas de cargas do segmento.

A maior alta ocorreu em junho, quando a unidade movimentou 240 contêineres, o correspondente a 2,8 mil toneladas. Esse resultado é aproximadamente 17 vezes maior do que o realizado entre janeiro e julho do ano passado.

Hoje, o centro logístico realiza operações especiais e just in time para esse segmento, o que tem contribuído para a indústria automobilística no cenário atual. “A pandemia afetou o fornecimento de componentes para a fabricação de veículos. Com a falta de algum produto, a fábrica precisa mudar a programação e receber as peças adequadas à nova linha de produção rapidamente”, diz Rodrigo Rocha, Gerente Comercial.

Com a operação automatizada, o cliente recebe o componente sequenciado (ou seja, na sequência da linha de produção do modelo do veículo). Entre os produtos mais movimentados estão bancos de automóveis, bloco do motor e carcaças de eixo.

Com localização estratégica, na região do ABC, o Centro Logístico Santo André está a cerca de 30 minutos das grandes montadoras de veículos e próximo do Porto de Santos e dos aeroportos de Guarulhos e Viracopos.

“Nesses mais de 20 anos de atuação em Santo André, a Wilson Sons acumulou grande expertise no setor automotivo e desenvolveu soluções específicas para atender as particularidades desse mercado. Contamos com uma equipe especializada e treinada, além de tecnologias e soluções que nos permitem ter a flexibilidade, agilidade e segurança que o mercado necessita”, destaca Rodrigo Rocha, Gerente Comercial.

Com área de 119,7 mil metros quadrados, o Centro Logístico Santo André é formado por centro de distribuição e terminal alfandegado, considerado o maior porto seco do estado, além de oferecer operações de transporte, transferência e distribuição.

 

Veja também: